Colesterol alto e impotência sexual

Colesterol alto e impotência sexual
5 (99.33%) 30 votes

A impotência sexual é um assunto delicado para muitos homens. São diversas as causas que podem ocasionar essa disfunção. Porém, o que poucos homens sabem é que há uma ligação entre colesterol alto e impotência sexual.

Dificilmente os homens procuram ajuda em casos de impotência sexual o que prejudica o diagnóstico da disfunção. Assim como, estipular qual a origem do problema, por isso a importância de procurar o diagnóstico de um especialista.

Somente ele poderá dizer se a impotência está sendo causada pelos altos níveis de colesterol através de exames. Confira neste artigo a relação entre o colesterol alto e a impotência sexual masculina.

Colesterol alto e impotência sexual

A relação entre colesterol alto e impotência sexual 

Pesquisas realizadas em diversas instituições identificaram o colesterol alto como um dos vilões do desempenho sexual masculino. Quem tem este tipo de gordura em excesso apresenta duas vezes mais dificuldades de alcançar uma ereção do que pessoas com níveis normais.

Para entender a relação entre o colesterol alto e a impotência sexual, é necessário compreender como ocorre o processo de ereção masculina e como o colesterol pode prejudicá-lo. Confira a seguir:

– O pênis humano é composto por várias partes. Dentre essas, para a nossa explicação, vamos destacar os dois corpos cavernosos e o corpo esponjoso, que fica na uretra.

– Quando o homem é estimulado sexualmente, seu cérebro entra em ação e envia diversos sinais para a região peniana.

Reposição hormonal de testosterona

– Estes sinais têm como objetivo relaxar os músculos dos vasos sanguíneos e dessa forma aumentar o fluxo de sangue dos corpos cavernosos, que ficam maiores e enrijecidos.

– Esse aumento do tamanho do pênis, causa uma pressão, que tem como objetivo impedir que as veias realizem o transporte sanguíneo para fora do pênis, deixando ele totalmente ereto.

– Nessa etapa, do processo de ereção, que o colesterol alto prejudica o desempenho masculino. O alto nível do colesterol atrapalha a irrigação na área genital.

– O colesterol alto obstrui os vasos sanguíneos, o que faz com que o sangue não seja irrigado para o pênis e, consequentemente, que o homem não atinja a ereção.

É dessa forma que a relação entre o colesterol alto e a impotência sexual prejudicam a sexualidade masculina. Porém, se a disfunção é causada por este motivo ela tem soluções extremamente simples.

Como controlar o colesterol e ter uma boa vida sexual

Para evitar que o colesterol alto atrapalhe a vida sexual. É necessário investir em medicamentos, desde que receitados por um médico, e na adoção de métodos saudáveis; tudo em busca da obtenção de níveis de colesterol dentro da normalidade. Confira:

Medicamentos: o foco deles deve ser a diminuição do colesterol alto. Os mais indicados são as estatinas, substâncias criadas especialmente para diminuir o nível de colesterol no sangue.

Como identificar se estou com problemas de disfunção erétil?

As estatinas não podem ser ingeridas de maneira indiscriminada por causa dos efeitos colaterais que elas apresentam. Por isso a necessidade de um acompanhamento médico antes e durante o seu uso.

Métodos naturais: é o conjunto de hábitos que trazem benefícios para todo o organismo, não somente para quem deseja uma boa vida sexual. A combinação é bem simples: alimentação balanceada e prática de exercícios físicos com regularidade.

Colesterol alto e impotência sexual

– Para uma alimentação saudável é necessário incluir alimentos de todos os grupos alimentares às suas refeições diárias, assim como evitar o consumo de alimentos gordurosos, bebida alcoólicas e cigarros, enfim, coisas que aumentam o colesterol.

8 fatos curiosos sobre o sexo

– A prática de exercícios é mais simples ainda. Basta frequentar uma academia ou, até mesmo, realizar caminhadas. A frequência ideal é se dedicar a este tipo de atividade três vezes durante a semana.

Agora que você já sabe qual a relação entre colesterol alto e impotência sexual pode procurar evitá-la e ter um desempenho sexual normal. Uma boa vida sexual é a garantia de felicidade dentro e fora de quatro paredes!

Clique aqui e conheça mais artigos como esse

Deixe seu Comentário