Impotência masculina psicológica

Impotência masculina psicológica
5 (100%) 1 vote

Você sabia que a impotência masculina psicológica é um fator bastante recorrente – isso porque essa condição pode estar amplamente associada a fatores muito comuns provenientes da nossa vida moderna, como estresse, tensão, ansiedade, baixa autoestima, entre outros.

O principal sintoma provocado pela disfunção erétil é a incapacidade de manter ou ter uma ereção suficiente para que se possa estabelecer o ato sexual.

Em geral, homens que são acometidos por esse problema  precisam ficar atentos à frequência que isso pode estar acontecendo em sua vida e o quanto antes procurar realizar uma avaliação com um médico especializado para saber se o problema é de fato físico ou psicológicos subjacentes.

Impotência masculina remédio natural

Se por ventura o tratamento focado em um diagnostico que indique que a questão é associada a problemas psicológicos não surtir o efeito desejado, pode ser possível que o médico indique o uso de medicamentos e também dispositivos que ajudem a auxiliar o paciente, como as bombas.

Impotência masculina psicológica

Impotência masculina psicológica – entenda mais sobre as causas!

Alguns fatores bem recorrentes podem ser os grandes responsáveis pela impotência masculina psicológica. Confira abaixo quais são eles:

  • Estresse – pode estar associado a fatores de falta de dinheiro, interpessoal, baixa autoestima, ansiedade, insegurança (ambas pelo medo de falhar na hora “H”), depressão e até mesmo um eventual desgaste no relacionamento do casal.
  • Pornografia – a pornografia em excesso também pode acarretar o problema
  • Não estar confortável – o ambiente também pode causar dificuldades de ereção, bem como medo de uma pessoa aparecer em qualquer momento ou até mesmo uma posição que não permite conforto.
  • Pressão – se cobrar excessivamente, querer demonstrar algo a mais para a parceira e acreditar que não está suprindo as necessidades da outra pessoa.

Tratamento pra a impotência masculina psicológica!

Tratamento mais assertivo e recorrendo é a psicoterapia – logicamente todo paciente deverá realizar um tratamento com o apoio de um terapeuta, pois isso lhe ajudará a ter maior segurança de forma gradual.

Se por ventura a pessoa estiver vivenciando um tipo de impotência em meio ao ato sexual é importante que se evite tentar de imediato a penetração. Nesse caso, às preliminares podem surtir efeitos mais benéficos e agregar muito mais confiança durante o ato sexual.

Esse é sim um problema sério e merece atenção! Fique de olho!

A impotência masculina psicológica é de fato um problema bastante sério e por isso é tão importante ficar atento aos sinais e buscar apoio diante de qualquer suspeita.

Existe uma forte tendência de que o problema possa se agravar ainda mais nos próximos anos e isso poderá acarretar, inclusive, uma elevação de suicídios entre muitos jovens.

Disfunção erétil medicamentos

Nesse canso, é de suma importância encarar o problema e dedicar toda a atenção e relevância que ele merece, pois se trata de uma questão também social.

Quando os fatores de caráter orgânico são amplamente descartados (e isso somente pode ser constatado por parte de um médico especializado) a questão deverá ser tratada como sendo de natureza absolutamente psicológica.

Impotência psicológica masculina

É comum também que a sexualidade acabe se tornando em um problema absolutamente inerente à competição – esse tipo de percepção se aproxima bastante de situações provenientes de testes laboratoriais onde um determinado indivíduo incialmente deveria ser capaz de receber e fornecer prazer a um parceiro.

Mas, é justamente aí que pode surgir um fator de complicação, pois é fundamental ter em mente que o sexo não deve ser encarado como algo associado a competição ou disputa, e sim uma troca prazerosa e tranquila entre ambos.

Dicas para melhorar a vida sexual depois dos 40

O problema também pode impactar homens mais jovens, e não somente com idade mais avançada, como muito pensam em grande parte dos casos.

A impotência masculina psicológica é algo realmente presente na vida de muitos homens, e diante de qualquer sinal, é fundamental recorrer a ajuda de um médico para que uma avaliação mais profunda seja feita o quanto antes!

Confira aqui mais artigos como esse

Deixe seu Comentário