Levitra – Remédio contra disfunção erétil

Levitra – Remédio contra disfunção erétil
5 (100%) 10 votes

Você já ouviu falar do Levitra? É um remédio muito utilizado atualmente para combater a disfunção erétil, e segundo os seus usuários vêm oferecendo bons resultados aos homens!

Obviamente é um produto ainda desconhecido da maioria, e é fato que nem todas as pessoas vão poder utilizá-lo, mas se você está enfrentando problemas de ereção certamente quer conhecer outras alternativas.

É por isso que vamos falar nesse texto sobre o Levitra, o que ele pode fazer de bom por você, os seus riscos e tudo que está relacionado a esse medicamento que promete solucionar a disfunção erétil. Vem conferir!

Levitra

Para começar: O que é o Levitra?

Talvez você não saiba ainda o que é o Levitra, então é importante que façamos as devidas apresentações: trata-se de um medicamento que se toma oralmente, e a ideia é que ele seja usado para combater a disfunção erétil, que como já explicamos em outras oportunidades é quando o homem está excitado, mas não consegue manter o pênis ereto.

Formas de aumentar o pênis

O que esse remédio não faz?

É importante compreender que esse medicamento não será capaz de solucionar algumas questões. Por exemplo, ele não aumenta o desejo sexual do homem, mas se sentir capaz de ter novas ereções pode ajudar o indivíduo a ter mais vontade e libido.

Além disso, também vale lembrar que ele ajuda o pênis a ficar ereto, mas ele não é usado para curar a disfunção erétil. Trata-se apenas de um paliativo, ou seja, de algo que você usa afim de resolver momentaneamente as consequências que um determinado problema te traz!

Quem não pode usar o Levitra?

Esse medicamento não deve ser tomado por pessoas que consomem remédios que tenham nitrato. Além disso, aqueles que são aconselhados a não transar por problemas de saúde também devem evitar esse medicamento.

Impotência antes dos 50 anos: o que fazer?

O Levitra pode trazer algum risco para a saúde?

Infelizmente sim. Ele pode elevar demais a pressão arterial, o que pode ser um problema para quem é cardiopata, ou para quem tem algum problema já de hipertensão.

As consequências podem ser desde um desmaio até um ataque cardíaco, então é preciso ter cuidado. Não tome nunca esse medicamento sem o aval do seu médico, porque você pode acabar sofrendo algo terrível!

Levitra

Efeitos colaterais

O medicamento também apresenta alguns efeitos colaterais. Estão entre os mais comuns o rubor, a indigestão, a tonteira e uma certa dor de cabeça. Alguns que tomam reclamam do constante rubor ou de terem as narinas sempre escorrendo.

Também vale dizer que em alguns homens o seu consumo pode trazer problemas de visão e até atrapalhar a manter o membro ereto por muito tempo, mas isso é com a minoria.

Dúvidas mais comuns sobre disfunção erétil

O que seu médico deve saber antes de te passar esse remédio?

Assim que você for diagnosticado com impotência é possível que seu médico te indique esse medicamente. Sendo o caso, é importante que vocês investiguem se você pode ter ou já tem…

  • Alguma cardiopatia;
  • Algum nível de hipertensão;
  • Algum nível de infarto;
  • Algum tipo de problema de fígado;
  • Algum problema nos rins;
  • Algum problema como rinite;
  • Algum problema na anatomia do pênis;
  • Algum problema no sangue, como anemia;
  • Algum risco de já ter ficado mais de 4 horas com o pênis ereto;

Como você pode ver o Levitra é um medicamento muito indicado em casos de disfunção erétil, e que justamente por isso deve ser elogiado, já que é capaz de melhorar a vida sexual de muitos homens. É importante, no entanto, estar atento ao seu histórico prévio e ver como o seu organismo vai receber esse produto, para que algo que veio para melhorar não acabe causando mais problemas!

Confira aqui mais artigos como esse

Deixe seu Comentário