Mitos sobre a ejaculação precoce

Mitos sobre a ejaculação precoce
3.5 (70%) 2 votes

A ejaculação precoce é um tema muito falado, porém pouco conhecido. Até hoje ele é cercado de polêmicas e tabus, por isso a importância de acabar com os mitos sobre a ejaculação precoce.

Um assunto repleto de mentiras que devem ser reveladas para que se torne cada vez mais fácil o seu diagnóstico; assim como encontrar formas de tratar a ejaculação precoce corretamente.

Lembrando eu a melhor forma de encontrar uma solução para este problema é buscando a ajuda de um especialista neste assunto e sempre verifique se uma informação a respeito do assunto possui embasamento.

Mitos sobre a ejaculação precoce

Os principais mitos sobre a ejaculação precoce

Veja neste artigo quais as principais inverdades a respeito deste assunto tão delicado e complicado para tantos homens ao redor do mundo e fique por dentro do que pode ser evitado.

Ejaculação precoce é algo de adolescente: a ejaculação precoce não pode ser associada a idade. Pessoas muito novas podem sim ficar ansiosas e ter o desempenho sexual prejudicado.

Porém, pessoas mais velhas também. O que faz com que este tipo de problema não tenha relação a idade. Lembrando que em grande partes das vezes as condições para que ocorra a ejaculação precoce são crônicas.

Epimedium sagittatum

-Pausas durante o sexo seguram a ejaculação: outro mito sobre a ejaculação precoce. A técnica de realizar diversas paradas durante o sexo tende a piorar a ejaculação precoce. Já que segmenta muitas vezes o ato o que prejudica que ele se desenvolva com naturalidade.

Não tem como controlar a ejaculação precoce: outro mito a respeito desse assunto. A ejaculação precoce tem cura e pode ser controlada. Hoje em dia são diversos os tratamentos disponíveis para o seu tratamento.

Ejaculação precoce tem somente causa psicológicas: ao contrário do que muitas pessoas pensam a ejaculação precoce também pode ter causas físicas, como o formato da glande do pênis diferenciado o que faz com que os homens  não necessitem de muitos estímulos para alcançar a ereção.

Ejaculação precoce não tem relacionamento com a disfunção erétil: infelizmente as duas estão ligadas. Se o homem que apresenta ejaculação precoce não busca por auxílio médico é bem provável que ele possa desenvolver a disfunção erétil.

Outro fator interessante sobre esta relação é que muitas vezes a ejaculação precoce é um dos sintomas comuns da disfunção erétil. Ou seja, de qualquer forma o homem deve procurar a ajuda de um especialista caso note qualquer diferença no seu desempenho sexual.

Os fatores de risco da ejaculação precoce

Masturbação rápida induz a ejaculação precoce: uma mentira disseminada por muitas pessoas é de que quando um homem se masturba rapidamente ele acostuma o seu organismo a ter orgasmos rápidos.

Assim, muitos acreditam que esses atos seriam os responsáveis pela ejaculação precoce. Toda esta história não passa de um mito. Homens com ejaculação precoce não se masturbam de forma diferente dos homens que não sofrem com este tipo de disfunção.

Mitos da ejaculação precoce

– O uso de álcool e drogas desacelera a ejaculação: estes tipos de substâncias podem sim tornar mais lento o processo de ejaculação, porém isso ocorre por causa dos efeitos nocivos que elas causam no organismo.

O que ocorre é que a pessoa perde a lucidez, dessa forma a ejaculação fica mais longa. Por outro lado, este hábito pode provocar dependência e deixar os usuários vulneráveis a outros diversos tipos de riscos.

Ejaculação precoce é uma doença: outro mito sobre ejaculação precoce difundido. A ejaculação precoce é na realidade uma disfunção que ocasionada por diversos motivos. Como ansiedade, sedentarismo, algum trauma de infância, entre outros possíveis motivos.

Problemas sexuais recorrentes

Agora que você conhece os principais mitos a respeito da ejaculação precoce é muito mais fácil entender o que de fato é esta disfunção e como ela se manifesta no organismo dos homens.

O conhecimento é uma arma essencial para evitar os mitos sobre a ejaculação precoce e tornar mais fácil o seu entendimento! Homens não sofram com informações falsas, em casos de dúvidas procurem um especialista.

Clique aqui e confira mais artigos como esse

Deixe seu Comentário