Como identificar se estou com problemas de disfunção erétil?

Como identificar se estou com problemas de disfunção erétil?
5 (100%) 16 votes

A disfunção erétil é um problema bem mais comum do que se imagina. Estima-se que cerca de 25 milhões de brasileiros, acima dos 18 anos, são afetados por este distúrbio. Por isso a importância de identificar problemas de disfunção erétil.

Um problema que quando não tratado pode prejudicar o homem em diversos outros sentidos. Como problemas de relacionamento, baixa autoestima, falta de confiança e em alguns casos, depressão.

Muitas vezes a vergonha dificulta a procura por uma ajuda médica, o que agrava cada vez mais o caso de impotência. Pensando nisso separamos diversos fatores que auxiliam você a identificar problemas de disfunção erétil e saber o momento que deve procurar o acompanhamento de um especialista.

identificar problemas de disfunção erétil

As principais maneiras de identificar problemas de disfunção erétil

O que poucos homens sabem é que a disfunção erétil tem cura. Para superar este mal, antes de qualquer coisa, é preciso identificar quais sintomas podem ser indícios da ocorrência deste tipo de distúrbio.

Separamos para você algumas formas de identificar problemas de disfunção erétil. Através da observação de diferenças nas suas relações sexuais ou modificações dos seus órgãos sexuais.

Frequência de problemas com ereção: casos isolados de impotência não podem ser considerados. Porém se há uma frequência com que isso ocorre isso se torna preocupante.

8 fatos curiosos sobre o sexo

Por exemplo, se de quatro relações sexuais em uma você apresenta dificuldades já não é um bom indício. Se essa mesma situação ocorrer durante todo um mês, pode ser o início da disfunção erétil.

Pênis não fica ereto o suficiente: uma das principais maneiras de identificar problemas de disfunção erétil. Quando durante a relação sexual você percebe que seu pênis ereto está diferente, menos firme ou menor do que o comum, muitas identificar a disfunção erétil vezes dificultando a penetração.

Diminuição das ereções espontâneas: esse tipo de ereção é uma atividade comum do organismo masculino que ocorre diversas vezes durante a noite e também pela manhã. Uma maneira de é quando elas diminuem ou deixam de existir.

Dificuldade em diversificar: dificuldades em manter a ereção em posições sexuais diferentes do comum ou em relações com parceiras diferentes são indícios preocupantes.

Ejaculação precoce: quando o homem ejacula antes da penetração ou segundos depois dela ocorrer, pode se dizer que ele possui ejaculação precoce, um dos principais indícios de impotência sexual.

Reposição hormonal de testosterona

Curvatura anormal do pênis: em casos extremamente raros, como a Doença de Peironye, o formato do pênis pode ser um fator que desencadeia a disfunção erétil. Essa doença tem como principal característica a curvatura exagerada do pênis.

Para identificar se o modo que o seu pênis se curva pode ser a causa da sua disfunção. Verifique se o corpo do seu pênis possui caroços ou áreas doloridas na sua extensão.

problemas de disfunção erétil

Necessidade de concentração: um dos sinais da impotência é quando o homem precisa se concentrar excessivamente para conseguir se focar na relação sexual. Não curtindo o momento de forma natural.

Essas são as principais maneiras de identificar problemas de disfunção erétil. Mas vale a pena saber que muitas vezes fatores psicológicos, como problemas com ansiedade e o uso de psicotrópicos podem causar a impotência sexual.

Remédio caseiro para ejaculação precoce

Assim como problemas de saúde, o alto nível de colesterol no sangue a presença de diabetes e doenças cardiovasculares, também corroboram para que o homem apresente quadros de disfunção erétil.

Como dito no início do artigo a disfunção erétil tem cura, basta saber interpretar os sintomas para perceber quando há algo de anormal na vida sexual masculina.

Com as nossas dicas é possível identificar problemas de disfunção erétil. Ao apresentar quaisquer dos sintomas citados anteriormente, neste artigo, procure imediatamente ajuda médica.

Confira aqui mais artigos como esse

Deixe seu Comentário