Disfunção erétil tem tratamento?

Disfunção erétil tem tratamento?
5 (100%) 1 vote

A disfunção erétil é uma situação constrangedora que afeta diversos homens em todo o mundo. O que poucos sabem é há tratamento para a disfunção erétil e ele é mais simples do que se pensa.

A disfunção sexual pode prejudicar o homem de diversas formas, tanto físicas quanto emocionais, que podem gerar diversos impactos negativos em todos os âmbitos da sua vida;

A boa notícia é que todos os casos têm solução. Desde os graus mais leves de disfunção sexual até os mais complexos. Basta você procura o auxílio adequado para você.

Disfunção erétil tem tratamento?

Os principais tratamento para disfunção erétil

Falhas eventuais no momento do sexo podem acontecer com qualquer homem independente da idade. Porém se elas se tornam frequentes o mais adequado é procurar a ajuda de um médico especialista.

Falta de desejo sexual

Hoje em dia são comuns diversos tipos de tratamento que quando seguidos a risca apresentam ótimos resultados e a possibilidade de voltar a ter uma vida sexual normal. Confira os principais meios de reverter esta situação oferecidos pela medicina:

-Medicamentos orais: indicados quando o homem não apresenta lesões nas artérias penianas ou alguma reação às substâncias presentes no medicamento. Eles devem ser ingeridos cerca de duas horas antes das relações sexuais.

Alguns possuem ação prolongada de mais horas, isso não quer dizer que você terá ereção durante todo o efeito do remédio, elas ocorrerão somente se o homem for estimulado sexualmente durante o tempo de ação do medicamento.

Injeção intra-cavernosa: uma forma de tratamento para disfunção erétil que apresenta uma reação extremamente rápida. Alguns homens atingem a ereção cerca de 15 minutos após a sua aplicação.

A injeção age aumentando o fluxo sanguíneo do pênis o que torna desnecessária qualquer estimulação sexual para que ocorra a ereção. Muitos homens temem este método por ser a aplicação de uma agulha em uma área tão sensível.

Prótese peniana maleável: um tratamento para disfunção erétil mais complexo do que o consumo de medicamentos. Trata-se de uma intervenção cirúrgica que dura cerca de uma hora e exige a internação de um dia.

Impotência masculina psicológica

A cirurgia consiste na introdução de uma haste de metal envolta em silicone que garante a rigidez do membro. Para o ato sexual basta elevar o pênis. É uma opção artificial e o pênis irá permanecer ereto o tempo todo, por isso deve-se usar cuecas especiais para a acomodação do membro. Custa por volta de 3000 mil reais.

Prótese peniana inflável: este método cirúrgico consiste na introdução de cilindros infláveis dentro do pênis, eles são ligados a uma bombinha com um líquido especial, que simula o sangue no pênis.

tratamento

No momento do ato sexual o homem deve ativar a bombinha, ela fará o líquido inflar os cilindros e desta forma o homem manterá a ereção. Após o sexo basta pressionar o pênis para baixo para que o líquido retorne a bombinha. Custa cerca de 40 mil reais.

Terapia: a disfunção erétil pode ter como principais motivos fatores psicológicos. Ansiedade, estresse ou até mesmo um trauma sexual podem dificultar o alcance da ereção. Nesses casos procure um psicólogo com especialização em sexologia.

Revascularização: indicada somente em casos específicos, a revascularização só deve ser feita quando o homem possui algum problema nas artérias responsáveis pela irrigação sanguínea do pênis.

Dicas para melhorar a vida sexual depois dos 40

São vários os tratamentos para disfunção erétil. Basta procurar um especialista e não ter medo de expor o seu problema. A melhor forma de encontrar uma solução é estabelecendo uma boa relação de extrema confiança com o seu médico.

Somente ele poderá avaliar o grau em que se encontra a sua disfunção erétil e qual a melhor forma de tratá-lo de acordo com a sua necessidade, recursos e personalidade. Não tenha medo de procurar tratamento para a disfunção erétil.

Clique aqui e descubra mais artigos como esse

Deixe seu Comentário