Tribulus terrestris

Tribulus terrestris
5 (100%) 1 vote

O Tribulus terrestris é conhecido como uma erva da família Zygophyllaceae, nativa de diversas regiões mais quentes, sendo muito usada como estimulante sexual, além de ajudar também no controle da pressão arterial, diminuição dos níveis de triglicerídeos e ganho de massa muscular.

Além disso, o Tribulus terrestris possui ainda inúmeras substâncias protodioscina, as quais são responsáveis por diversos benefícios, onde segundo alguns estudos tais substâncias podem estimular uma outra substância conhecida como óxido nítrico, o qual possui efeito de dilatar os vasos.

Sexo e a saúde sexual

Dessa forma, o Tribulus terrestris tem a capacidade de diminuir a pressão arterial, além de ajudar ainda os homens em uma ereção mais prolongada. Além isso, a protodioscina que está presente na planta é capaz ainda de inibir a enzima conversora de angiotensina, a qual quando é produzida em altas quantidades pode levar ao aumento da pressão arterial.

Tribulus terrestris

Saiba mais sobre o Tribulus terrestris

O Tribulus terrestris é capaz de apresentar inúmeros benefícios para o corpo humano, especialmente nos homens quando se trata do desempenho sexual. Por isso, confira abaixo alguns dos principais benefícios dessa planta.

  • O Tribulus terrestris é capaz de garantir ao homem uma ereção muito mais duradoura, onde isso provavelmente ocorre pelo fato da planta ajudar na vasodilatação devido a protodiosina. Geralmente, essa substância pode ser capaz de elevar de maneira leve os níveis de testosterona que também ajuda em uma ereção mais prolongada.
  • O Tribulus terrestris é capaz ainda de aumentar a libido, mas apesar de não ter sido constatado uma elevação dos níveis de testosterona em algumas pesquisas realizadas em humanos, ainda acredita-se que a libido aumenta pelo fato da planta fazer com que haja o crescimento de maneira transitória deste hormônio.
  • Outro benefício do Tribulus terrestris é a diminuição da pressão arterial, onde segundo alguns estudos esse benefício pode ocorrer devido a dois motivos.

A relação entre testosterona e impotência sexual masculina

O primeiro é o fato da protodioscina estimular a outra substância conhecida como óxido nítrico, o qual possui um efeito vasodilatador. E o segundo é pelo fato de realizar a inibição da enzima conversora de angiotensina quando produzida em altas quantidades, levando ao aumento da pressão arterial.

  • O Tribulus terrestris é capaz também de ajudar na criação de espermatozoides nos homens, e também na ovulação das mulheres, o que pode ser um benefício para a fertilidade.
  • Por fim, o Tribulus terrestris ajuda ainda no ganho de massa muscular, onde algumas pesquisas realizadas mostraram que essa planta é benéfica em relação a esse fator.

Tribulus terrestris

Em relação a quantidade recomendada, a orientação é que o Tribulus terrestris seja ingerido três doses por dia conforme a indicação de um especialista. Para consumir é essencial que seja na forma de extrato ou de cápsula, pois não é recomendado ingerir in natura ou através de chá.

No caso dos homens, o indicado é tomar o Tribulus terrestris de quatro a seis semanas após a pausa do mesmo tempo. Os diversos estudos realizados em homens mostraram que os benefícios ocorrem muito mais em homens do que em mulheres, como o aumento da libido.

Os perigos do viagra

Assim, o Tribulus terrestris é indicado para homens que apresentam problemas de ereção e também para aquelas pessoas que possuem queda hormonal. De uma maneira geral, o Tribulus terrestris não é recomendado para todos, pois apresenta algumas contraindicações, principalmente em casos de alterações suprarrenais, excesso de pelos, síndromes de androginia e outros problemas.

Além disso, é essencial que as pessoas tenham o cuidado de ingerir o Tribulus terrestris em excesso, pois o consumo prolongado pode ocasionar em inúmeros problemas para a saúde. No caso das mulheres pode aumentar o clitóris, alterar o ciclo menstrual, entre outros problemas. Já nos homens, pode ocasionar problemas, como atrofia testicular e infertilidade.

Confira aqui mais artigos como esse

Deixe seu Comentário