Vasectomia causa impotência sexual? Saiba aqui

Vasectomia causa impotência sexual? Saiba aqui
5 (100%) 22 votes

A vasectomia é um método muito popular utilizado para impedir que homens reproduzam. Mas será que a vasectomia causa impotência sexual ou traz algum malefício à vida sexual masculina?

Embora exista um mito de que esse procedimento médico pode, de alguma forma, causar um quadro de impotência sexual, tudo não passa de mito. A vasectomia está ligada estritamente a fertilidade.

Mitos sobre impotência sexual (disfunção erétil)

Esse é um procedimento que ainda desperta muito preconceito em homens que acreditam que deixaram de ter prazer sexual ou capacidade de ereção depois de submeterem. Se você ainda tem dúvidas sobre se a vasectomia causa impotência sexual, continue lendo esse artigo e descubra.

Vasectomia causa impotência

Vasectomia causa impotência sexual: descubra a verdade por trás do mito

Embora seja muito comum que as mulheres tomem providências cirúrgicas a fim de não engravidarem mais, existe na medicina um método voltado para os homens, que é conhecido como vasectomia.

Saiba mais sobre o spray com tadalafila para impotência sexual

Por desconhecerem como funciona exatamente esse procedimento, muitos homens de armam com o argumento de que a vasectomia causa impotência sexual, e pode prejudicar o desempenho com a parceira, mas isso não é verdade.

  • Como acontece a vasectomia?

O procedimento consiste em uma intervenção cirúrgica onde é realizado um corte no canal deferente, que é responsável por encaminhar os espermatozoides até a uretra. Com esse corte, o caminho é interrompido, e os espermatozoides ficam retidos nos testículos.

  • Então o homem não vai mais ejacular?

O sêmen continua sendo produzido pelo corpo, e o homem vai ejacular exatamente a mesma quantidade antes no momento do orgasmo. O que muda é que os espermatozoides não estarão mis lá, o que impede que o óvulo seja fecundado.

  • E o que acontece com os espermatozoides retidos nos testículos?

Os espermatozoides que não conseguiram chegar até a uretra, e que, portanto não foram eliminados na ejaculação, serão reabsorvidos pelo organismo do homem naturalmente, e não causam nenhum efeito no corpo.

A vasectomia é um procedimento muito simples, e não tem nenhuma relação com a potência sexual, que definitivamente não poderá ser prejudicada depois desse processo.

Mas alguns homens demonstram maior dificuldade de ereção depois da cirurgia, como explicar?

Se você alegar que a história de que a vasectomia causa impotência é um mito, rapidamente escutará um colega comentar que tem “o amigo de um amigo” que depois do procedimento apresentou alguma dificuldade de ereção.

Cigarro causa impotência? Descubra aqui

Se isso realmente aconteceu, a explicação pode ser bem simples: pressão psicológica.

Homens que fazem vasectomia crentes de que isso vai interferir de alguma forma em seu desempenho sexual tendem a desenvolver uma tensão na hora do sexo, que não tem nada a ver com a vasectomia, mas apenas com as suas expectativas. E isso sim pode prejudicar a ereção de alguma forma.

Portanto, é fundamental que você converse com o seu médico, pesquise e leia relatos antes de fazer a sua vasectomia. Assim você vai perceber que é um procedimento muito mais simples do que você imagina, e incapaz de lhe causar qualquer mal.

Vasectomia causa impotência

Isso vai garantir que nas suas próximas relações sexuais, após a vasectomia, você esteja seguro e tranquilo, e com isso não tenha nenhum problema com o seu pênis.

É importantíssimo que os casais conversem sobre essa possibilidade, e saibam da existência dela, pois isso ajuda a dividir a responsabilidade da fertilidade, que muitas das vezes recai apenas sobre a mulher.

No Brasil a vasectomia já é realizada há décadas, é segura e comum. Por isso converse com o seu médico e conheça melhor esse processo. A história de que “vasectomia causa impotência” é apenas mais um mito que pode ser rapidamente desmentido ao consultar um especialista.

Confira aqui mais artigos como esse

Deixe seu Comentário